Abortada a farsa do golpe, Temer deve ser preso por conspirar contra o país, diz jurista

09/05/2016 13:07

Da Redação

O advogado Constantino Dilermano R Munhoz de Alvarenga opina que Michel Temer (PMDB) deve ser preso por conspirar contra os interesses do país. Abortada a farsa do golpe pelo novo presidente da Câmara, torna-se claro que Temer agiu em causa própria e não em defesa das questões maiores nacionais.

O Dr. Constantino destaca que esse processo trouxe uma profunda instabilidade a todo o  território brasileiro, o que contribuiu para agravar ainda mais a crise internacional e seus graves reflexos no Brasil. 

Ao estimular um golpe contra a presidenta Dilma Rousseff, sem que contra ela existam quaisquer provas de crime de responsabilidade, Temer ajudou a jogar o país num caos e numa situação de ódio, o que configura gravíssimo crime político, diz o advogado.

É preciso, pois, que o povo brasileiro saia às ruas em defesa dos seus direitos e pelas devidas punições a todos os golpistas. O caso de Michel Temer é mais grave em virtude de seu notório saber jurídico, do cargo de vice-presidente da república para o qual se elegeu e ainda por estar denunciado por corrupção em vários processos. Não deveria ter agido com tamanha irresponsabilidade, conclui o Dr. Constantino.

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net