Aposentadoria somente a partir dos 65 anos, inclusive para os professores, diz equipe econômica do governo

29/08/2016 10:32

Por Camilla Torres, Brasília | Cientes de que assumirão em definitivo a presidência da república, Temer e sua equipe econômica anunciam um dos maiores ataques à classe trabalhadora do país: uma reforma da previdência que impõe idade mínima de 65 anos para homens e mulheres. Projeto prevê inclusive passar um rolo compressor na aposentadoria especial dos professores, que pelas normas atuais se aposentam cinco anos antes dos demais trabalhadores.

Para o especialista em direito previdenciário Kléber B Albuquerque, essa medida do governo trará um grande prejuízo aos trabalhadores, vez que a média de idade do povo brasileiro se aproxima bastante dessa idade mínima que querem impor para aposentadoria. "Na prática, milhões se aposentarão à beira do cemitério", enfatiza.

O Dr. Kléber pondera também que o fim da aposentadoria especial dos professores é um absurdo. Ele explica que esse direito não trata-se de qualquer regalia, mas sim de uma justa recompensa para o setor que exerce, sob fortíssimo desgaste físico e psicológico, a crucial e nobre missão de educar os brasileiros.

Segundo o ministro Eliseu Padilha, da Casa Civil, projeto é para ser enviado ao Congresso em dezembro deste ano. E a expectativa do governo é de que seja aprovado sem maiores problemas, vez que os deputados e senadores que votaram pelo impeachment da presidenta Dilma estão firmes com o Planalto.

Voltar

Contato

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net