Confederação faz saques nos contracheques de servidores de todo o país

28/06/2016 12:21

 Imagem: pixabay

Da Redação

Uma obscura Confederação dos Servidores Públicos do Brasil - CSPB - está promovendo saques-surpresa nos contracheques de servidores públicos de todo o país. Informação está no site do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores do Piauí.

Como vítimas dessa organização, o funcionalismo estadual piauiense teve a ingrata surpresa de, ao consultar seus contracheques de junho pela internet, se deparar com descontos abusivos, pois não foram autorizados pelos servidores. "Estou me sentindo assaltada", diz a professora Helenita Ramos, de Teresina. A tal CSPB confiscou R$ 36,53 dessa educadora.

Corrupção

Segundo a revista Veja (ano de 2012, edição 2257), o dirigente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil praticou inúmeras ilegalidades e enriqueceu ilicitamente. Além disso, diz a revista, ganhou do então Ministro do Trabalho Carlos Lupi o direito de arrecadar milhões em imposto sindical, por meio de decisões oficiais que reconheceram a CSPB como representante dos servidores públicos do país, dos três poderes e nos níveis federal, estadual e municipal.

Os servidores se organizam para tentar reaver o dinheiro que lhes foi tirado sem autorização. E várias lideranças sindicais já exigem inclusive que os governos e representantes do legislativo e judiciário não procedam os descontos cobrados indevidamente por essa organização que o funcionalismo sequer sabia que existia.

Matéria relacionada: Desembargador é acusado de favorecer desconto milionário em contracheques de servidores

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net