Cunha, meu herói, meu bandido

03/04/2016 08:44

Por Renato Uchôa (Educador) Nem invente o pé doído, ou que o vestido de chita rasgou. Cantiga de ninar vai para os lindos bebês, para os que vão nascer, e futuramente todos vão saber que não arredamos o pé. Na luta contra os traidores golpistas do país. Corpete bom, já dizia vó Inézia, é o que segura peito de cabra metido a macho. Fica manso que nem cordeiro. Cunha é o meu "bandido pelo avesso". O meu "herói" e candidato a diretor da Papuda, em Brasília. Quando for preso. E levar metade do Congresso na procissão dos ladrões de todos os tipos, no rumo de lá. O abjeto jornalista da Globo, Alexandre Garcia, será o porta voz dos Marinhos, presos por sonegação e traição ao país. Não vou mudar meu voto. Quem quiser que vote em FHC, Aécio, Aloysio, Paulinho Propina, Temer, Bolsonaro, Cunha Lima, o comitê do Cão na Terra (Malafaia, Feliciano, Waldemiro), na quebra, o bispo golpista da Paraíba Aldo Pagotto...E conseguiu meu voto indeciso, quando nos olhos, face a face, reduziu o obtuso, mas, apto na defesa da ilegalidade, o pretenso semideus presidente da OAB Cláudio Lama(chia) a um reles golpista de última hora. Depois de uma recepção calorosa da militância aguerrida contra a comitiva golpista da OAB, nos corredores do Templo da Perdição e Picaretagem, que trabalha contra o povo brasileiro. Sentiram o sabor da traição. Um massacre no Brasil inteiro, um levante dos advogados/as que honram a profissão. Uma revolta incontrolável dos operadores/as da Lei, pela capitulação vergonhosa da OAB, em não defender as condições jurídicas dos constituídos, em face do cerceamento de defesa, escutas ilegais, deboche do MPF, PF, Judiciário, Mídia Corrupta... No exercício de uma das profissões mais belas e fundamentais para a manutenção do Estado de Direito. Pode? Um Conselho de uma entidade, não obstante a mancha no apoio ao Golpe de 1964, que desenvolve várias ações no respeito, na manutenção das garantias individuais, na defesa da Constituição, não saber que a Operação Lava Jato é política? Seletiva e promíscua na relação com a mídia venal e sonegadora na perseguição ao PT? E na cruzada fascista grampeia ilegalmente advogados? Pode um Conselho de birutas não saber, que o colocado na ação da OAB para o Impeachment de Dilma, afora a baboseira de pedaladas fiscais, para pagar bolsa família; um papo que poderia ser de botequim, entre Lula e Dilma, grampeado e divulgado ilegalmente, capitulado na Lei de Segurança Nacional, é essencialmente o crime mais grave da Operação do juiz Moro, também contra a OAB, ao grampear escritório de advogados, e presos? O juiz fascista e truculento Moro já confessou o crime e pede desculpas esfarrapadas. Não sabe que Cunha é um meliante periculoso na quebra do Estado de Direito? Cunha fez valer a experiência que tem no manejo das pedras do crime, e para ele, a OAB não vale um vintém. Não acrescenta nada no apoio ao Golpe contra a democracia, em acelerado estágio. Resistir é preciso.

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net