Desembargador suspeito decreta (em vão) ilegalidade da greve dos professores

02/03/2016 21:14

Por Otacílio Ramos, Teresina

O desembargador Francisco Antonio Paes Landim (à esquerda na foto), que nunca deu uma aula sequer numa escola pública e nem vive do piso do magistério, cedeu às chantagens do governador Wellington Dias (PT) e diz de forma imoral que a greve dos professores pelo piso legal da educação é ilegal. Ilegal é esse desembargador e Wellington Dias, que querem burlar a legislação do piso dos professores.

Política familiar e partidária por trás da decisão do "desembargador"

O desembargador Paes Landim (Chico Ném, para os mais próximos), é irmão do eterno deputado federal José Francisco Paes Landim, aliado fiel dos governos Dilma e Wellington Dias. Ou seja, é suspeitíssimo nesse processo. Precisa explicar mais alguma coisa?

Os profissionais do magistério não podem e nem devem se intimidar. Essa decisão do desembargador Paes Landim já foi denunciada no Conselho Nacional de Justiça. E é ele e o governador que terão que se explicar por conta de quererem fugir das obrigações da lei. A greve continua!

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net