É preciso aumentar idade, porque militares recebem sem trabalhar e professores se aposentam cedo demais, diz burocrata governista

12/11/2016 15:40

Da Redação | Para o economista, professor e doutor em ciência política Paulo Tafner, a reforma da previdência proposta pelo governo Temer é necessária, dentre outras coisas, porque "militares recebem sem trabalhar e professores se aposentam cedo demais". Tafner é um dos principais burocratas e defensor no país do fim das chamadas 'aposentadorias especiais'.

Em vídeo do Instituto Millenium, o doutor rasga o verbo e diz o que pensa sobre a aposentadoria dos servidores públicos. Veja algumas de suas opiniões:

"Na atual legislação, professores, policiais, bombeiros se aposentam muito precocemente. Então é necessário a gente começar a aumentar a idade de aposentadoria dessas pessoas".

"Há também o caso dos militares, das Forças Armadas, que vão para a reserva, não é aposentadoria, segundo eles, mas enfim, eles vão para a reserva, recebem sem trabalhar muito precocemente. A carrreira militar tem que ser alargada, mais longa".

"Os servidores públicos têm alíquota de contribuição menor que os demais trabalhadores. É preciso aumentar progressivamente essa contribuição".

Assista:

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net