Em carta aberta, garota de 14 anos diz que reforma previdenciária de Michel Temer é coisa de monstro, não de presidente

10/12/2016 20:45

 Imagem: Agência Brasil

Da Redação | A adolescente Sara N Leitão, de Recife, afirma em breve carta aberta que a proposta de reforma da previdência de Michel Temer é coisa de monstro, não de presidente da república. A garota tem 14 anos e diz também que está disposta a lutar para barrar a medida do governo.

Leia:

Senhor Michel Temer,
É triste assistir ao anúncio do fim da previdência pública no Brasil. Com uma canetada, o senhor quer acabar com direitos conquistados, ao que se sabe, a duras penas pelos trabalhadores do país ainda no início do século passado. Essa sua proposta é coisa de monstro, não de presidente da república.
Fico a me imaginar, aos 65 anos ou mais, dentro de uma empresa, dando o meu suor para enriquecer algum herdeiro de milionário, milionário este que hoje o obriga a sacrificar as novas gerações do país.
E não adianta o senhor e sua equipe de marqueteiros bem pagos com dinheiro público, como Globo, Veja, Folha, Estadão e outros virem tentar convencer que a população está vivendo mais e que, por isso, é preciso aumentar a idade mínima para aposentadoria.
Os mais humildes que hoje têm acima de 65 anos conseguiram viver um pouco mais justamente porque, pelas regras atuais, conquistaram de forma justa a aposentadoria mais cedo. Ou seja, tiveram o direito de descansar e cuidar melhor da saúde.
Imagine agora o senhor, que se aposentou aos 55 anos, querer que um trabalhador braçal chegue à velhice na labuta pesada. Deixe de ser perverso e egoísta, presidente.
Por fim, senhor Michel Temer, não pense que será fácil aprovar esse pacote monstruoso e sair impune do processo. O que se vê é jovens e trabalhadores se organizando para lhe dar um 'pé na bunda' talvez bem antes que o senhor imagine.

CLIQUE E VÁ PARA O NOSSO NOVO SITE!

Uma plataforma mais moderna e bonita.

Contato