Entregar Lula a Moro é brincar com pólvora, pois o povo resgatará Lula da prisão, diz cientista político

21/09/2016 06:05

 Imagem: Agência Brasil

Por Camilla Porto, Brasília | Desesperados, golpistas iniciam cartada final para se consolidar no poder e entregam Lula a Moro, com o fito de tirar o petista definitivamente do cenário político nacional, em particular quanto às eleições presidenciais de 2018. Para o cientista Luiz M Garcia, doutor em ciência política, isto corresponde a "brincar com pólvora", sobretudo se se atreverem a prender o líder máximo do PT e do país. "O povo vai agir e resgatará Lula da prisão", diz.

Veja entrevista:

Mídia Popular: Por que o senhor diz que "estão brincando com pólvora" ao entregarem Lula a Moro?

Dr. Garcia: Está cada vez mais claro para a maioria da população que querem cortar de forma canalha e injusta a cabeça do maior líder do país. O povo vai agir para impedir que isto aconteça. Centenas de milhares de pessoas saírão às ruas dispostas a resgatar Lula, em particullar em caso de prisão. É aí que está o barril de pólvora, pois poderá haver confronto sangrento devido à repressão que virá do governo Temer.

Mídia Popular: Mas Dilma caiu e nada ocorreu, a não ser manifestações vindas dos setores mais politizados da população.

Dr. Garcia: Dilma estava num momento de profundo desgaste, devido à crise econômica e erros primários que cometeu logo no início de seu segundo mandato. Ainda assim, milhares saíram às ruas para defendê-la e os golpistas foram inclusive forçados a manter seus direitos políticos. Com Lula é totalmente diferente, saiu com mais de 80% de aprovação. E milhões de pessoas mais humildes creditam a ele todos os programas sociais, em particular Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida. Este povo não ficará calado. Este povo vai agir.

Mídia Popular: O senhor crê que terão coragem de prender o ex-presidente?

Dr. Garcia: Sim, a direita não costuma vacilar quando tem que adotar alguma medida que implique de forma decisiva em seu futuro político e manutenção de seus privilégios. Mas o objetivo mesmo é apenas tornar Lula inelegível para 2018. Se, para isso, tiverem que prender o ex-presidente, prenderão. É aí que está o barril de pólvora... 

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net