Golpistas têm pressa, pois sabem que escândalos e povo nas ruas podem virar o jogo para Dilma

27/05/2016 15:29

Da Redação

Bateu desespero no quartel general dos golpistas. Os escândalos que a própria mídia pró golpe passaram a divulgar diariamente contra aliados poderosos de Temer - somados à força cada vez maior das mobilizações anti golpe nas ruas - podem reconduzir Dilma à presidência da república. Os trapaceiros sabem disso e, por isso, querem acabar logo com o processo de impeachment no Senado.

Leia sobre isso importante análise do Partido da Causa Operária-PCO:

Após o vazamento da gravação de conversas de Romero Jucá, ex-ministro golpista e Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro e político ligado ao PSDB, resultou numa semana conturbada para os golpistas. Temer, para conter a crise, afastou Jucá de seu ministério para abafar o caso.

No entanto, o Supremo Tribunal Federal homologou a delação premiada concedida por Machado. E, com receio do aumento ainda maior da crise com o envolvimento de Jucá, Renan Calheiros, José Sarney, Aécio Neves, Aloysio Nunes e outros golpistas com a delação, os golpistas estão tentando diminuir o tempo de 180 dias de afastamento da presidenta Dilma Rousseff.

Na quarta-feira, 25, a comissão do impeachment do Senado Federal voltou a trabalhar para definir um cronograma do processo. O relator, o golpista Antonio Anastasia (PSDB/MG) quer adiantar o fim do processo em mais de um mês. Ao invés de encerrar-se em outubro, como previsto, adiantaria para agosto. Outros senadores golpistas o apoiam. A proposta será votada pelo plenário na próxima semana. O objetivo é que o processo já tenha sido encerrado antes das eleições municipais.

Os golpistas têm pressa para acabar com o impeachment e consumar a queda de Dilma. Demonstram uma clara crise do golpe. A luta contra o golpe está se desenvolvendo novamente. A cada dia aumentam mais as manifestações, denúncias e mobilizações contra o governo golpista. E isso mantêm em alerta os golpistas, com o receio do caldo entornar e eles acabarem recuando por conta da grande mobilização.

Ler matéria original aqui

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net