Governo e Globo se unem em campanha nacional contra aposentadoria especial dos professores

04/10/2016 07:46

Por Camilla Passos, Brasília | Um dos principais objetivos da reforma da previdência anunciada por Temer é a quebra da aposentadoria especial dos professores. Para os técnicos do governo, "não dá mais para manter esse tipo de privilégio no país". A meta do Planalto é impor idade mínima de 65 anos para quem quiser se aposentar, seja homem ou mulher.

Para tentar convencer os docentes brasileiros a trabalharem até à beira da morte, governo e Rede Globo iniciam campanha nacional onde, de forma cínica, dizem que os professores "nem deveriam se aposentar, pois quanto mais velhos mais preparados ficam". Ou seja, se tal tese prevalecesse, os mestres brasileiros seriam punidos em virtude da própria qualificação que adquiriram.

Veja o que diz a global Miriam Leitão:

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net