Grupo de professores volta atrás e denuncia golpe contra Dilma e a democracia

15/04/2016 11:52

Da Redação

Um grupo de 387 professores nos enviou e-mail com um texto onde denunciam o golpe contra a presidenta Dilma e a democracia brasileira. Informam os docentes que reavaliaram a posição que vinham defendendo antes, que era de apoio ao impeachment golpista comandado por Eduardo Cunha e Rede Globo. Veja:

Nosso país não cairá no retrocesso! 

Está cada vez mais evidente que o processo de impeachment contra a presidenta Dilma nada mais é que um golpe de Estado orquestrado por grandes grupos econômicos e políticos corruptos, com vistas a atacar direitos da classe trabalhadora, em particular do magistério.

O recente áudio de Michel Temer já dá o tom do mal que pode vir por aí. Ele fala em mais sacrifícios ao povo brasileiro e anuncia medidas recessivas, como arrocho no salário mínimo, aumento de idade para aposentadoria, fim da paridade entre ativos e aposentados dentre outros ataques, como cortes drásticos em programas sociais que beneficiam os mais pobres.

Embora o governo Dilma não esteja cumprindo à risca o que prometeu na campanha de 2014, entendemos que com ela na presidência é mais fácil lutar e exigir que ela mude sua política econômica e não mexa nos direitos dos  trabalhadores. Assim, reavaliamos nossa posição anterior e passamos a hipotecar apoio à continuidade democrática de seu mandato e rechaçamos qualquer iniciativa golpista. Não vai ter golpe!

Rio de Janeiro, 15 de abril de 2016

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net