Lindbergh Farias enterra Sérgio Moro em sessão no Senado sobre abuso de autoridade

01/12/2016 14:46

Da Redação | Em sessão no Senado sobre lei de abuso de autoridade, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) literalmente enterrou o juiz Sérgio Moro, comandante da operação lava-jato.

O petista lembrou a prisão ilegal do ex-presidente Lula, que foi conduzido coercitivamente a mando de Moro. "Lula não recebeu intimação", destacou. 

Farias jogou também na cara do juiz as interceptações telefônicas feitas a mando da lava-jato, sem qualquer amparo legal, onde conversas de Lula, Dilma e de seus familiares foram expostas na grande imprensa nacional. "Isto é abuso de autoridade", senhor Moro, disse o senador.

Em resposta, Moro fugiu das graves denúncias feitas por Lindberg e se limitou a pedir aos senadores que não aprovem nenhuma lei que venha a puni-lo. Ou seja, está com medo de ser apanhado pela lei, o que deixa claro que se considera acima dela.

Assista: