O rabo de palha da oportunista e moralizante Luciana Genro

04/04/2016 12:56

Por *Fabíola Nepomuceno, Porto Alegre-RS Luciana Genro (PSOL) é o que se pode chamar de oportunista moralizante com rabo de palha. Em meio aos mais violentos ataques contra o pensamento de esquerda no Brasil, a psolista, deslumbrada com o Jornal Nacional, Folha, Estadão e revista Veja diz também que é preciso mesmo sangrar Dilma, Lula e o PT até à morte, tudo em nome da ética e dos bons costumes. Notas e mais notas ela tem publicado sobre isso na grande mídia e redes sociais.

É que pela cabeça hoje tonta dessa boa moça, a investigação seletiva da Lava-Jato e Moro poderá levá-la mais facilmente à presidência da república, porque representa (que arrogância) a esquerda autêntica do país e é o símbolo da honestidade nacional. Por isso, junto a Cunha, Aécio, Bolsonaro & CIA também defende, irresponsável e oportunisticamente, o golpe contra a democracia brasileira, sob a camuflagem ridícula e ultraesquerdista de "fora todos" e eleições gerais já!

Tamanho oportunismo moralizante, contudo, não consegue esconder o seu, digamos, rabo de palha. Ao tempo em que atua como amplificador auxiliar da direita nas denúncias de que o PT se rendeu às empreiteiras, à corrupção e deve ser eliminado, a boa, ética e "vermelha" mocinha fica amarela quando é lembrada da doação de R$ 100 mil que recebeu em 2008 da poderosíssima  e bilionária empresa Gerdau, quando foi candidata à prefeita de Porto Alegre. Luciana também foi financiada nessa mesma campanha pela gigante Zaffari, de uma das famílias mais ricas do país.

A Gerdau, para quem não sabe (será que a Luciana não sabia?), apoiou a ditadura militar no Brasil e, como toda grande empresa capitalista, bota para tirar o couro do trabalhador. Essa grande empresa é também investigada pela Operação Zelotes, que apura rombo nos cofres públicos que pode chegar a R$ 19 bilhões, cifra maior até que o investigado inicialmente na operação Lava-Jato.

Uma das "justificativas" mais desavergonhadas e esfarrapadas que apresenta para ter cedido ao canto das sereias Gerdau e Zaffari é que: "Isso só demonstra que eu, ao contrário de Dilma, que recebeu dinheiro dos bancos, das empreiteiras... Só demonstra que eu, apesar de ter recebido esse dinheiro, não tenho nenhum compromisso com essas empresas". Muita cara de pau, para ser moderada nas qualificações. Ver vídeo no final da matéria.

Ora, um dos princípios mais caros à esquerda em todo o planeta, sobretudo à variante da qual Luciana faz parte, é o princípio da independência de classe. Organizações e militantes sérios que defendem o Socialismo não aceitam ser subvencionados por grandes capitalistas. Por quê? Porque é a matéria que define a consciência dos indivíduos. Não o contrário. 

Luciana parece que também esqueceu esse pequeno ensinamento marxista e, ao aceitar receber graciosos subsídios eleitorais de bilionários, apenas seguiu a mesma trilha do PT, do qual agora quer também ser uma das moralizantes coveiras de ocasião. Ou será que Luciana Genro crê que a Gerdau e Zaffari lhe deram um dinheirinho porque em 2008 tiveram um surto socialista? KKKKKKKKKKKKKK!

É preciso reconhecer, no entanto e por fim, que Luciana Genro não é uma qualquer. Sua tragetória, no geral, é de luta em defesa da classe trabalhadora e da democracia. Por essas singelas razões, não poderia jamais estar no mesmo barco dos golpistas, ainda que com um salva-vidas avermelhado a tiracolo. Se esse barco afundar de vez, como está cada dia mais iminente, ninguém escapa ao julgamento da História. Se conseguir ir em frente, também. Acorde, garota.

*Fabíola Nepomuceno é professora da Rede Estadual

Veja vídeo em que Luciana Genro tenta se explicar sobre o caso Gerdau e Zaffari. Detalhe: ela diz que a Gerdau financiou todos os candidatos nas eleições para prefeito de Porto Alegre em 2008. Não é verdade: O PSTU não recebeu dinheiro de nenhum  empresário.

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net