Michel TREME, só de ouvir falar em Greve Geral no país, dizem assessores do presidente golpista

17/05/2016 09:53

O desespero é tão grande que o ministro Geddel Vieira Lima pediu apoio até a Lula (PT), para que se evite uma convulsão nacional. E Lula, ao que parece, certamente disse não

Por Sávio M Vasconcelos, Brasília / Arte: Mídia Popular

Segundo uma fonte ligada ao Palácio do Planalto, os ministros Eliseu Padilha, Romero Jucá e Geddel Vieira Lima estão bastante preocupados com a instabilidade do novo governo e têm dito em Brasília que o presidente golpista Michel Temer treme só de ouvir falar em greve geral no país. 

O desespero é tão grande que Geddel pediu apoio até a Lula (PT), para que se evite uma convulsão nacional. E Lula, ao que parece, certamente disse não. (Leia aqui)

A situação se agravou ainda mais sobretudo depois que o governo chamou  as centrais sindicais para uma reunião e só apareceram representantes de entidades pelegas e desconhecidas da maioria do povo, como UGT (União Geral dos Trabalhadores, Nova Central Sindical dos Trabalhadores e CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros). As duas maiores e mais fortes centrais - CUT e CTB - não foram e já declararam em notas públicas que não reconhecem o governo golpista de Michel Temer.

Por outro lado, UNE e movimentos socias ligados às minorias, como LGBTs, índios, quilombolas, artistas e outros também prometem não dar trégua a Temer e sua trupe instalada ilegitimamente no Planalto. Isto sem falar nas redes sociais, que inflamam todo dia inclusive exigindo que CUT e CTB organizem logo essa greve geral em todo o Brasil.

É, pelo visto o Temer vai tremer!

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net