Ministro anuncia enxugamento do Ensino Médio e fim de várias disciplinas

16/09/2016 07:43

 Imagem: Agência Brasil

Por Fábio Assunção, Brasília | O ministro Mendonça Filho anunciou ontem (15.09) que a reforma do Ensino Médio é uma das prioridades do Ministério da Educação. Matéria da Folha de S. Paulo de hoje (16.09) aponta que o governo quer mudanças nessa área até o final de 2016. Se necessário, será usada inclusive uma Medida Provisória para isso, dizem técnicos do governo.

De acordo com informações de assessores do MEC, os pontos centrais da reforma preveem um Ensino Médio "enxuto" e um currículo mais "flexível".

Na prática, isto pode significar o fim ou fusão de várias disciplinas, como Filosofia, Sociologia, História e Geografia. 

Na verdade, esse "enxugamento" já havia sido proposto na campanha presidencial de 2014 por Aécio Neves (PSDB), hoje um dos principais aliados do governo Temer. A presidenta Dilma Rousseff (PT) também mostrou-se simpatizante da medida.

A proposta do governo deve encontrar forte resistência entre os educadores de todo o país. "Cortar disciplinas é algo inaceitável", diz Sandra Marques, professora da Rede Estadual de Pernambuco.

Voltar

Contato

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net