Mudou: Deputado diz que agora votará com o governo para congelar salários do funcionalismo público do país por 20 anos

10/10/2016 17:26

Por Fábio Assunção, Brasília | O deputado federal Sílvio Costa, PTdoB-PE, foi um dos maiores combatentes do golpe de Estado que levou Michel Temer PMDB) à presidência da república, bem como do governo ilegítimo deste até aqui. Estranhamente e da noite para o dia, entretanto, mudou de ideia e disse que votará hoje (10) com o governo a favor da PEC 241 que, dentre outros males ao país, prevê o congelalamento dos salários dos servidores públicos da União, estados e municípios por 20 anos.

Segundo o Portal 247, Sílvio declarou:

"O Brasil tem 2,2 milhoes servidores federais, somos 206 milhões de habitantes. É evidente que servidores estão chateados e têm motivo para isto porque vão ficar sem aumento real ao longo de 20 anos. Mas, mesmo sabendo que esta é uma proposta legítima de um governo ilegítimo, eu vou votar a favor da PEC, porque vou votar a favor dos 204 milhões de brasileiros, dos homens e mulheres que vão dormir todo o dia com medo de perder o emprego, que não têm estabilidade, dos que estão desempregados".

Além de declarar apoio à PEC que só arrocha a população, Costa faz ainda um apelo a que toda a esquerda siga os seus passos e vote também com o governo. "Essa história de que vai faltar dinheiro para saúde e educação é mentira", declara.
 
O que aconteceu com Sílvio Costa? Por que ele mudou tanto assim em relação ao governo da noite para o dia? Terá sido o efeito do banquete que Temer ofertou com dinheiro público ontem (9) no Palácio da Alvorada?

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net