Novo salário mínimo: Dá para comprar mesmo o quê?

30/12/2015 10:00

30.12.2015  10:01 / Imagem: pixabay

Por Júlio Rebouças, São Paulo-SP

A partir de primeiro de janeiro de 2016, o salário mínimo nacional passa a ser R$ 880,00 reais. Reajuste foi de 11,6%, um pouco superior à inflação oficial, na casa dos 10,97%. O valor anunciado é também maior do que o previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias- LDO, R$ 871,00.

Embora o Governo Federal comemore o valor do novo mínimo, é preciso perguntar: Dá para comprar mesmo o quê com R$ 880,00?

Segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos - DIEESE -, o salário mínimo brasileiro, para atender ao que reza a Contituição Federal, deveria ter sido, já no mês de novembro de 2015, R$ 3.399,22. Ou seja, os R$ 880,00 anunciados correspondem a pouco mais da quarta parte do necessário para  um trabalhador viver com mais dignidade com sua família.

Por outro lado, segundo também DIEESE, o valor da cesta básica subiu nesse mesmo mês de novembro em 18 capitais pesquisadas por esse Departamento. O custo maior foi em Porto Alegre, R$ 402,62. E o menor, em Aracaju, R$ 291,80. A média entre esses dois extremos é R$ 347,21. Quantas cestas básicas o novo salário mínimo é capaz de comprar então?

Em primeiro lugar é preciso não esquecer que ninguém recebe o valor bruto do salário. Ou seja, no caso do salário mínimo, é retido automaticamente na fonte 8% para o INSS, o que corresponde a R$ 70,40. Com isso, os R$ 880,0 se transformam em R$ 809,60.

Além da previdência, há também o vale-transporte, mais 6%, o que equivale a R$ 48,54. Os R$ 880,00 passam então a R$ 761,06. Esse desconto, embora não obrigatório, incide sobre a maioria dos assalariados, uma vez que geralmente trabalham muito longe de suas moradias.

Outros descontos podem ainda ocorrer, como referentes a adiantamentos, faltas etc.

Assim, com o que sobra do valor líquido do salário mínimo (R$ 761,06) dá para comprar somente 2,1 cestas básicas ao preço de R$ 347,21 cada. E o vestuário? E remédios? E o lazer? O governo comemora esse salário mínimo por quê?

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net