Professor defende em sala de aula a prisão de Lula e é expulso do local pelos alunos

18/10/2016 16:42

 Imagem: Agência Brasil

Por Flávia Moraes, São Paulo | Um professor que atua na Rede Estadual de São Paulo teve que se retirar às pressas de sala de aula após defender a prisão do ex-presidente Lula. A maior parte da turma não gostou da fala do docente e praticamente o expulsou do local. Alguns adeptos do mestre ficaram calados. Fato ocorreu na manhã de hoje (18)

A situação foi contornada pela direção da escola e o professor se comprometeu a defender seus pontos de vista de forma mais equilibrada, para não provocar ódio nos alunos, todos adolescentes.

Segundo uma aluna que prefere não se identificar, esse professor passa mais tempo falando mal do PT do que dando aula mesmo. "Embora seja professor de História, ele já chegou até a dizer que política é coisa de otário", afirma a garota.

Por ter ocorrido em espaço fechado, não obtivemos autorização para divulgar o nome do docente.

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net