Rombo bilionário: Golpismo de Temer leva europeus a exigir ruptura da UE com o Mercosul

28/05/2016 10:48

Para que se tenha uma pequena ideia do que isso pode representar em termos de prejuízos ao nosso país, dados de 2012 do International Centre for Trade and Sustainable Development indicam que desde a criação do Mercosul o Brasil obteve um superávit intrazonal de 36,818 bilhões de dólares

Da Redação

O governo golpista de Michel Temer (PMDB) continua a fazer estragos no Brasil. Após anunciar que vai extinguir praticamente todos os avanços sociais dos governos Lula e Dilma, Temer agora se tornou também um entrave para que nosso país possa se beneficiar de acordos comerciais entre a União Europeia e o Mercosul, organização da qual somos parte com enorme peso. 

Sobre isso, matéria veiculada no Portal Sputnik Brasil indica que vinte e sete parlamentares de diferentes países da Europa apresentaram um pedido para que a União Europeia (UE) suspenda todas as negociações comerciais com o Mercosul. A solicitação enviada à Federica Mogherini, alta representante da União Europeia para a Política Externa, diz que o governo interino de Michel Temer “carece de legitimidade”. (Leia aqui)

Para que se tenha uma pequena ideia do que isso pode representar em termos de prejuízos ao nosso país, dados de 2012 do International Centre for Trade and Sustainable Development indicam que desde a criação do Mercosul o Brasil obteve um superávit intrazonal de 36,818 bilhões de dólares. Caso a UE rompa de fatos essas negociações comerciais, perdas serão astronômicas para nossa economia. (Leia aqui)

Os parlamentares europeus dizem também no documento enviado à UE que "não há acusação de crime que justifique o afastamento da presidente Dilma Rousseff". Por fim, chamam o processo golpista de “ruptura institucional”.

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net