Seduc: Governo incentiva com dinheiro professores a fugir da sala de aula

06/01/2016 06:51

Da Redação / Foto meramente ilustrativa

O Piauí copia do resto do país uma prática muito comum nas secretarias de educação: o incentivo em dinheiro aos professores que fogem das salas de aula e se alojam em gabinetes. 

Quem vai ao prédio da Seduc-Pi vê centenas de docentes, alguns inclusive ainda em início de carreira, mas já "dando duro" em salas climatizadas, arquitetura bonita, aparelhadas com o que há de mais moderno em termos de tecnologia da informação. E todos com direito ao salário integral de professor e incentivos extras que chegam até a mais de R$ 2.500,00 mensais, para cumprir expediente corrido, ou seja, seis horas diárias.

Quem vai às escolas, por outro lado, se depara com prédios quebrados e quentes, salas no geral superlotadas de alunos e com professores estressados, com remuneração vergonhosa, mesmo aos que cursaram até um mestrado. Para os docentes que lecionam em escolas de risco existe a bizarra gorjeta de R$ 100,00, no geral para cumprir dois turnos de trabalho.

Veja alguns exemplos, acessíveis no Portal da Transparência*

PROFESSOR EM SALA DE AULA PROFESSOR LOTADO NA SEDUC-PI
SL I: R$ 2.854,65 - 40 horas SL I: R$ 3.250,65 - 40 horas
SE II: R$ 3.019,80 - 40 horas SE II: R$: 6.069,43 - 40 horas
A I: R$: 2.477,01 - 40 horas A I: R$ 2.873,01 - 40 horas
* Referência: Novembro de 2015. Gratificações variam de acordo com o cargo ocupado. Os lotados na Seduc-Pi, embora contratados em regime de 40 horas semanais, cumprem apenas 30 horas por semana. Dentre os incentivos recebidos há "Gratificação de Função", "Eventual" e "Condição Especial de Trabalho". Confira você mesmo em Portal da Transparência-Pi

Depoimentos

"Quando saí da sala de aula, remocei uns dez anos. Aqui a gente trabalha menos e ganha mais", declara uma professora que não quis se identificar. "Sala de aula é castigo, a gente é humilhado pelos governos e ameaçado pelos alunos. Nunca mais quero ir para lá. Aqui é um paraíso", pondera outro jovem docente, enquanto curte alegremente mais uma postagem pelo facebook.

O curioso é que enquanto tira professores de sala de aula, o governador do Piauí Wellington Dias, do PT, manda fechar dezenas de escolas, total ou parcialmente. Por quê? Falta de professores nos estabelecimentos de ensino. Clique e leia.

Não se pode execrar um professor que ganha como professor mas é lotado em um gabinete. Afinal, como reza o bom senso, "todos devem buscar suas melhoras". No entanto, não passa de criminoso qualquer governo que maltrata os docentes que estão em sala de aula e os incentiva a fugir das escolas.

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net