Temer apela a que professores não paralisem dia 22 e diz que o Brasil precisa de todos é na sala de aula

20/09/2016 05:38

 Imagem: Agência Brasil

Por Fábio Assunção, Brasília | A popularidade do (des)governo Temer tende a cair cada vez mais. Dia 22 (quinta), trabalhadores das redes públicas de educação de todo o país prometem paralisar suas atividades. Ação visa combater uma série de projetos do golpista que atacam diretamente os interesses da categoria e direitos dos trabalhadores em geral.

Segundo um aliado do Planalto na Câmara dos Deputados, Temer está com receio de que essa paralisação venha a servir de incentivo a mais mobilizações contra o seu mandato ilegítimo, o que pode levar inclusive a uma Greve Geral por tempo indeterminado no Brasil.

Tomado pelo pavor das lutas dos trabalhadores, Temer apela aos educadores que reflitam melhor e evitem essa paralisação do dia 22. "O Brasil precisa de vocês é na sala de aula, o sacrifício vai ajudar o país", choraminga o golpista.

Voltar

Contato

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net