Temer está cada vez mais na corda bamba e pronto para ser engolido por seus próprios aliados de golpe

02/12/2016 13:23

Da Redação | O golpista Michel Temer caminha cada vez mais para ser engolido por seus próprios comparsas de golpe. A informação dada hoje (2)  pelo IBGE de que "A produção industrial brasileira registrou redução de 1,1% em outubro deste ano, na comparação com setembro", deu mais gás para aliados defenderem a saída antecipada do fracassado presidente.

O ex-presidente FHC, por exemplo, declarou ao jornalista Mário Sérgio Conti "que se a 'pinguela' (Temer) cair, o Congresso terá de convocar eleições diretas". 'Pinguela' é uma ponte de improviso, sem segurança, que cai facilmente. 

Ao comparar o presidente a algo deste tipo, FHC mostra-se mais do que claro em relação ao futuro que planeja para o fracassado mordomo de filme de terror.

A chamada grande mídia também já dá fortes sinais de que o governo Temer deve ser descartado, tal como algo adequado apenas para a lata do lixo. Na coluna Painel de hoje (2) da Folha de S.Paulo, Henrique Meirelles (Fazenda) é praticamente convidado a se retirar de sua pasta: “A equipe dos sonhos não está conseguindo entregar os sonhos da equipe”, diz o texto.

Golpistas governistas, contudo, têm divergências em relação ao que fazer diante da eventual defenestração de Temer. Uns querem eleições indiretas, para que FHC possa assumir novamente o Planalto. Outros, falam em novas eleições presidenciais no país.

Contato