Temer quer aumento da idade para aposentadoria e congelamento do salário mínimo, alerta MST

06/05/2016 20:41

Da Redação

Está no Portal do MST:

Já é possível prever o cenário de desmantelamento dos direitos trabalhistas que Michel Temer (PMDB) deve implantar em sua passagem pela presidência, mesmo que seu mandato dure somente os 180 dias nos quais a presidenta estará afastada para investigação. 

Dentre as propostas já documentadas ou reveladas em entrevistas há, por exemplo, o indicativo de que a idade de aposentadoria do trabalhador rural passe para 65 anos, tanto para homens como mulheres, sendo seu valor menor que o salário mínimo. Aliás, este também deve ser congelado, medida que vai de encontro à política contínua de sua valorização.

Haverá também corte de subsídios para energia e programa Minha Casa, Minha Vida, juros mais caros para financiamentos agrícolas, fim das desapropriações de terra para a Reforma Agrária e até o fechamento do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), responsável pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), além da redução do Incra.   

Voltar

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net