Temer renuncia mas receia ter o mesmo destino de Eduardo Cunha

16/12/2016 07:04

Da Redação | Michel Temer caminha para seus momentos finais. Renúncia já é dada como certa e estimulada inclusive por aliados golpistas de peso e de primeira hora, como Ronaldo Caiado e FHC. O usurpador já aceita o fato, mas receia ter o mesmo destino de Eduardo Cunha: ir parar na cadeia. 

Temer é hoje um dos políticos mais delatados na Lava-Jato. E também um dos mais odiados do país. (Ver enquete no final).

A polêmica entre os próprios golpistas que defendem a renúncia de Temer hoje resume-se apenas a uma questão de data. Uns querem que ele saia logo, antes do dia 31. Outros defendem que se afaste no início de 2017, para que o Congresso escolha de forma indireta um novo presidente.

Parte dos usurpadores começa a entender que não há saída para a resolução da forte crise político-econômica sem que se passe por novas eleições diretas. O povo deve escolher novamente quem deve comandar o país. Temer já é uma triste prova de que ninguém digere mais o golpismo.

A população se mobiliza pelo desfecho dessa novela de terror. A renúncia de Temer é um ótimo presente de Natal e Ano Novo para milhões de brasileiros. E se ele for parar na cadeia, o carnaval de 2017 será muito melhor. Eduardo Cunha certamente gostará desse provável amigo de cela.

Dê sua opinião na enquete abaixo:

CLIQUE E VÁ PARA O NOSSO NOVO SITE!

Uma plataforma mais moderna e bonita.

Contato