Concurso Seduc-Ma: Por que governador e sindicato calam diante de tantas denúncias?

Concurso Seduc-Ma: Por que governador e sindicato calam diante de tantas denúncias?

01.01.2016  11:11

Por Sônia Rezende, Fortaleza-Ce   Foto acima: Marcelo Brandt / Câmara dos Deputados

É no mínimo estranho o silêncio do governador do Maranhão Flávio Dino (foto), do PCdoB, sobre recente concurso realizado pela Seduc-Ma, denunciado por centenas de candidatos de ter sido fraudado de forma escandalosa. Neste sentido, Dino conta também com a total mudez da direção do Sinproesemma, entidade que representa os profissionais do magistério na terra de Gonçalves Dias.

Qual a razão desse silêncio? Por que governador e sindicato fazem que não existem denúncias que vão desde pacotes de provas abertos antes da hora até questões copiadas de outros concursos e ausência de pessoas inscritas nas listas de frequência? Por que tanta blindagem em relação à Sousândrade, fundação que (des) organizou o concurso?

No site do Sinproesemma, até a data em que fechamos esta matéria, não há qualquer nota sobre o assunto. Nem dos diretores do sindicato ou do próprio governador Flávio Dino, que inclusive e curioisamente é um dos colunistas da página. Centenas de candidatos, em todo o país estão a se perguntar: Por quê?

Flávio Dino e dirigentes sindicais precisam dar uma resposta quanto a isso não apenas aos valorosos maranhenses, mas sim a todo o país. Milhares de educadores de norte a sul do Brasil, que disputaram uma vaga no certamente, exigem e merecem uma resposta.

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net