Cunha foi usado e depois atirado ao lixo pela grande mídia e até por seus comparsas na Câmara

12.05.2016  05:54

Da Redação

Eduardo Cunha (PMDB) foi decididamente a peça-chave do impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT). Sem ele, o mais provável é que sequer o processo teria iniciado na Câmara dos Deputados.

Contudo, bastou cumprir sua parte no jogo sujo do impeachment golpista e foi logo execrado pelo STF, ridicularizado pela 'grande' imprensa fascista e abandonado até por seus comparsas na Câmara.

A Revista Veja, por exemplo, publicou esta semana a sugestiva capa abaixo:

Cunha não teve, certamente, o fim que pensou. Bem feito.

Contato