Livro traz chocante narrativa sobre a fome que ainda maltrata o planeta

Livro traz chocante narrativa sobre a fome que ainda maltrata o planeta

21.06.2016  21:16

Da Redação | Imagens: wikipédia e pixabay

Em julho próximo, estará nas livrarias o livro: "Fome", do jornalista argentino Martín Caparrós. Editado pela Bertrand Brasil, a narrativa traz um chocante relato sobre o estado de penúria de pessoas de várias partes do planeta, como Índia, Bangladesh, Níger, Quênia, EUA, Argentina, Sudão, Madascar e Brasil.

Com 700 páginas, a obra destaca que a cada oito horas cerca de oito mil pessoas morrem de fome, e ainda que hoje a situação de "hambruna" (fome generalizada, escassez absoluta de alimentos em determinada região) é maior do que há 40 anos. Segundo o autor, quase um bilhão de pessoas não têm condições de suprir suas necessidades básicas de alimentação.

Além do aspecto extremamente alarmante e dramático que Caparrós enseja em sua obra, a narrativa mete o dedo na ferida que autoridades mundiais buscam sempre esconder ou dissimular, e relata o que para muitos não passa de uma obviedade: a fome que ainda assombra milhões é resultado de ações politico-econômicas dos grandes grupos empresarias que controlam inclusive o setor de alimentos em todo o mundo. Por isso, "a fome contemporânea é a mais canalha", dispara o argentino.

O livro já está à venda pela internet por cerca de R$ 70,00.

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net