Por que querem eliminar o Lula?

Por que querem eliminar o Lula?

28.12.2015  22:31  /  Imagem: Agência Brasil

Por Lívia Toledo, professora, São Paulo-SP

Lula, todos os seus adversários políticos sabem, tem uma história de vida emocionante, ímpar e bonita de se ver. De lider sindical a presidente da república, o ex-operário se construiu com muita luta, de baixo para cima, com base na defesa intransigente dos direitos da classe trabalhadora e, em particular, dos mais pobres desse país. Lula não foi fabricado pela grande mídia nacional. E nem tampouco é cria da elite conservadora que se julga dona do Brasil.

Retirante nordestino, carismático, raciocínio rápido e lógico, Lula reconheceu desde cedo que a maior dívida de qualquer agente público no Brasil é com os excluídos, os sem-teto, sem-terra, sem escola, sem saúde, sem educação, sem comida... Os sem direito ao exercício da cidadania.

Foi a partir dessa compreensão que, como presidente da república, o esposo de Dona Marisa desenvolveu o maior programa social da história do Brasil, o que possibilitou a milhões de brasileiros sair da crônica linha da pobreza e alcançar um padrão de vida mais digno, mais humano. Não é de estranhar que muitos o chamem de "o pai dos pobres", a exemplo da imagem que também se construiu em torno do nome de Getúlio Vargas.

Embora muito criticado por quem nunca soube o que é ir dormir com fome, o Bolsa-Família permitiu e permite que milhões de crianças e adultos tenham um dia-a-dia mais digno e um futuro com maior esperança de uma vida melhor. Não à toa, é um programa elogiado em todo o mundo.

Quem é mais velho sabe como eram feitas e entregues as habitações populares no Brasil. Além do número sempre muito abaixo do necessário, os conjuntos habitacionais, no geral, vinham em chão batido, sem estrutura interna ou nos locais onde eram feitos. 

De 2003 para cá, o Minha Casa Minha Vida mudou de forma muito acentuada esse quadro. As casas vêm arrumadas, com piso bonito, pintadas, bem mais agradáveis e dignas para se morar. E com projeto estrutural externo: escola, hospital, mercado...

É tradição no Brasil, entre os mais humildes, buscar uma vaga nas famosas escolas técnicas federais para seus filhos. Antes de Lula e Dilma, praticamente elas só existiam nas capitais. Hoje, estão espalhadas por todo o interior do país. As pessoas veem a presença do governo federal em suas cidades, que as gerencia com padrão de qualidade nacional. 

E universidades federais, quantas existiam antes de 2003? E os incentivos como o Prouni e o Fies, que permitiram a milhões de jovens da periferia ingressar em um curso superior? A oposição golpista não gosta nem de tocar neste assunto.

E o salário mínimo, tinha o mesmo poder de compra antes de Lula chegar à presidência? Nem o Psdb ou o Jair Bolsonaro têm coragem de afirmar que sim.

Por que será que, de 2003 para cá, mais pessoas puderam comprar um carro novo no Brasil? E porque os aeroportos vivem lotados de gente do povo e muitos trabalhadores, com planejamento, conseguem agora viajar até para o exterior?

Poderíamos aqui discorrer linhas e linhas mais sobre os avanços que Lula proporcionou à maioria dos Brasileiros a partir do seu primeiro governo. Mas nem é preciso. Cada brasileiro, por mais que tentem envenená-lo contra o melhor presidente da república do Brasil de todos os tempos, sabe que ele fez e faz a diferença neste país. Por isso é tão querido e respeitado em todos os cantos do planeta.

É da trajetória vitoriosa de Lula que nasceu a inveja e o ódio de quem, lamentavelmente, não respeita os mais pobres e olha com preconceito uma liderança do povo como Luis Inácio Lula da Silva. Seus adversários, contudo, reconhecem que não é fácil derrotá-lo no terreno das ideias e no campo da democracia. Daí é que apelam a baixarias e a ameaças, inclusive de cunho pessoal contra até a integridade física do ex-presidente.

Mas que não se iludam. Lula, mesmo se estivesse sozinho, não seria presa fácil. Não seria vencido por meia dúzia de golpistas. E o povo está com ele.... Lula é de fato o filho do Brasil.

Receba atualizações

Assine a nossa newsletter:

© 2015-2016 Todos os direitos reservados - Reprodução de arquivos apenas com citação da fonte e link para o site

midiapopular.net